Os benefícios do alho

 

Dentro do esquema de posts de abrangência mais geral deixo-vos agora algumas das qualidades que sabemos estarem associadas ao alho. Leu bem, o alho!

 

Utilizado desde a antiguidade principalmente como um condimento culinário o alho também tem sido usado na medicina tradicional com grandes benifícios para os seus utilizadores. Estudos mais recentes demonstram que este alimento extraordinário e uma fonte de Vitaminas A,B e C, Potássio, Ferro, Sódio, Fósforo e Enxofre.

 

Mais acerca das propriedades do alho:

 

-Antibiótico / Anti-microbiano: o alho actua sobre alguns fungos e bactérias impedindo a sua proliferação e agindo contra as infecções;

 

- Diminui a tensão arterial : melhora a circulação promovendo a dilatação dos vasos sanguíneos;

 

- Protege o sistema respiratório: As suas características anti-sépticas e expectorantes ajudam na prevenção e cura da bronquite, asma (anti-asmático) e alergias diversas;

 

-Ajuda na purificação e eliminação de substâncias tóxicas ao organismo;


-É um antidepressivo: o aumento da energia e vitalidade são sinónimos do aumento da qualidade de vida;

 

- Reduz o "mau colesterol e aumenta o "bom" colesterol;

 

- Protege o sistema digestivo;

 

- É um conhecido anti-cancerígeno;


Deve contudo ser consumido cru ou na forma de cápsulas (bem mais agradável ao paladar de muita gente) de forma a aproveitar todas as suas qualidades.

Porquê? Porque após ser aquecido perde ou altera as suas propriedades mais benéficas. No caso das cápsulas, falamos de extratos prensados a frio, macerações ou ainda alho envelhecido, que tem vindo a ser provado a sua eficácia e a ultrapassar as outras apresentações devido ao aumento da concentração das substâncias activas.


A recomendação habitual vai para os 500 a 1000mg de óleo de Alho por dia (equivalente a 1 a 2 dentes crus e frescos por dia).

 

O uso excessivo pode causar má digestão e irritabilidade da mucosa gástrica. Não ingerir se estiver a tomar drogas sintéticas pois pode potenciar algumas delas.

 

Anular a toma se já teve algum sintoma alérgico após a sua ingestão, em grávidas, lactentes e crianças até quatro anos e em pré e pós operatório pois o alho tem efeito anti-plaquetário.

publicado por emagrecerefacil às 21:14 | link do post